Prado: A equipe do Zero Hora News com exclusividade apurou que a Polícia Federal - delegacia regional de Porto Seguro/BA, através do Delegado Federal, Dr. Carlos Cristiano Tenório Urubá, instaurou inquérito policial (IPL nº 0103/2018-4 DPF/PSO/BA) para investigar a atual prefeita de Prado, Mayra Pires Brito (PP), servidores do município e o empresário proprietário da empresa DLE Transportes Ltda, Zilmar Barbosa dos Santos, o popular Barbosa que também é Ex-vereador da cidade vizinha de Teixeira de Freitas.

A Polícia Federal apura cometimento de fraude em licitações, em especial, na licitação tipo Pregão Presencial nº 006/2014 que originou o contrato administrativo nº 145/2014 entre a Prefeitura de Prado e a empresa DLE Transportes Ltda para execução do serviço de transporte escolar.

Conforme informações exclusivas obtidas, a apuração da PF está em estágio avançado, e apura diversos crimes contra a Administração Pública, inclusive, conforme nossa fonte, haveria pedido de afastamento cautelar da Prefeita Mayra Brito do cargo para não atrapalhar as investigações. A PF inclusive já solicitou da Prefeitura de Prado cópia de todos os documentos que envolvem o processo licitatório até mesmo processos de pagamentos.

O inquérito policial, que apura os fatos, foi instaurado em outubro de 2018.

Em maio de 2018, o Ministério Público Federal já havia instaurado inquérito para apurar irregularidades com recursos do FUNDEB nos anos de 2015/2016 com a empresa Geo Transportes Turismo e Construções Ltda – ME (Veja Aqui).

E em fevereiro desse ano, o juiz de direito da Comarca de Prado, Dr. Leonardo Santos Vieira Coelho, deferiu o pleito liminar da ação popular promovida pelos vereadores Antônio Eduardo Santana da Ressurreição, o “Professor Boloca” (PMDB); Odiley Queiroz Matos (DEM); Luciana Pires de Oliveira (PSB) e o cidadão Fernando Miruaba, e determinou o bloqueio de valores monetários da atual Prefeita de Prado, Mayra Pires Brito (PP), do seu pai e ex-prefeito Wilson Alves de Brito Filho (PP), do ex-vereador da cidade de Teixeira de Freitas, Zilmar Barbosa dos Santos, da empresa Katharina Transportes e Locações de Máquinas Ltda – ME., Isac Santos Joaquim Boaventura, ambos investigados na operação fraternos da Polícia Federal, da empresa Geo Transportes Turismo e Construções Ltda – ME e de Iralúcia Sincorá da Paixão, até o limite das somas contratadas, de tudo dando-se certificação, pela melhor forma de direito. E declarou sem feito o processo licitatório e suspendeu a execução do contrato para fornecimento de transporte escolar e dos pagamentos respectivos, observando-se prazo de 60 (sessenta) dias para tanto, determinando, ainda, a realização de nova licitação, com identificação clara e precisa do objeto a ser contratado (Veja Aqui).

Da Redação do Zero Hora News

Veja mais:

  1. https://zerohoranews.com.br/politica/1411-prado-empresa-contratada-por-mayra-brito-para-patrolar-estrada-do-corumbau-pertence-a-deputado-federal-da-bahia-conhecido-por-rei-do-cambalacho.html
  2. https://zerohoranews.com.br/politica/1299-prado-prefeita-realiza-contrato-milionario-para-recuperar-estrada-guarani-x-corumbau-e-o-povo-reclama-que-obra-ficou-no-papel.html
  3. https://zerohoranews.com.br/politica/1231-prefeita-de-prado-contrata-por-valor-milionario-empresa-investigada-pela-lava-jato.html
  4. https://zerohoranews.com.br/politica/1158-prefeita-mayra-brito-e-investigada-pelo-mpf-suspeita-de-fraude-no-transporte-escolar.html
  5. https://zerohoranews.com.br/politica/2466-justica-bloqueia-bens-da-prefeita-do-prado-e-de-ex-vereador-de-teixeira-e-mais-4-pessoas-por-suspeita-de-fraude-em-licitacao-do-transporte-escolar.html