O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta última quarta-feira (24/04) que “ninguém explicou o que é a nova política ainda”. Em entrevista à Globonews, o deputado criticou a associação que se faz do Parlamento com a “velha política”.

“É toma lá dá cá quando o Parlamento olha para o governo, mas não é toma lá dá cá quando o governo quer escolher o relator da reforma da Previdência?”, questionou  Maia.

O parlamentar criticou a visão de que, “quando [a influência] é na Câmara, não tem problema nenhum”. “Quando é no governo, é velha política?”, afirmou o presidente da Casa.

“O governo tem o interesse de influenciar na escolha do relator e é legítimo”, disse Maia. “E quem tem uma agenda convergente do governo quer governar junto. Não tem nada errado nisso”.

Para o presidente da Câmara, é preciso “tomar cuidado para não ficar olhando o parlamentar sempre como vilão”. “O que é velho e o que é novo? Ninguém me explicou ainda o que é novo. Eu sei o que é certo e o que é errado”.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)