A Câmara Municipal de Rolândia (Região Metropolitana de Londrina recebeu na manhã da última segunda-feira (11/03) um pedido de cassação do mandato do presidente da Casa, Eugênio Serpeloni (PSD), depois que um vídeo em que ele aparece se masturbando viralizou pelas redes sociais. O pedido, baseado em suposta quebra do decoro parlamentar por conduta incompatível com o cargo, foi elaborado pela equipe do deputado federal Emerson Petriv, o Boca Aberta (Pros). 

O vídeo começa com o vereador manuseando o órgão genital enquanto um galo canta ao fundo. Ele, então, leva a câmera até a altura do rosto, remexendo a língua para fora da boca, e volta para o pênis, dando prosseguimento ao ato masturbatório. 

Boca Aberta disse que recebeu o vídeo no  domingo (10/03) "de vários eleitores de Rolândia" - ele foi o candidato mais votado para a Câmara Federal em outubro de 2018 na cidade. "Quando eu vi o vídeo, caí duro para trás", diz o deputado. "Não tem o que ver, esse comportamento é incompatível com o cargo que ocupa", completa.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)