O homem suspeito de matar a ex-companheira, Patrícia de Jesus Meneses, de 33 anos, com um tiro no rosto, no estacionamento do Centro de Distribuição da rede de supermercados G. Barbosa, na BR-235, na tarde desta terça-feira (6), foi encontrado morto em um motel localizado próximo ao local do crime.
O Instituto Médico Legal (IML) recebeu o chamado para recolher o corpo no início da noite. Segundo a polícia, o suspeito, identificado como Alan Meneses, cometeu suicídio. Um revólver foi encontrado ao lado do corpo. O Instituto de Criminalística foi encaminhado até o local. A suspeita é que ele entrou no motel logo depois de matar a ex-companheira. Na tarde desta terça-feira (6), um homem matou a tiros a ex-companheira, no estacionamento do Centro de Distribuição da rede de supermercados G. Barbosa, na BR-235, em Nossa Senhora do Socorro (SE).
hDNm5Me
Segundo a polícia, o homem chegou ao local pedindo para falar com a ex-companheira e foi autorizado por ela para entrar na unidade, onde efetuou os disparos e fugiu em seguida. Ainda de acordo com a polícia, rondas foram realizadas nas imediações.
No final da tarde, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo da vítima e levou para a sede do instituto, no Bairro São José, em Aracaju (SE), onde vai aguardar os familiares para fazerem o reconhecimento e a liberação. A assessoria de comunicação da Cencosud Brasil, dona da rede de supermercados G. Barbosa, emitiu uma nota no início da noite de hoje lamentando a morte da funcionária.
“É com pesar que a Cencosud Brasil informa que sua colaboradora, de prenome Patrícia, foi vítima de um homicídio no estacionamento do escritório, localizado em N. Sra. Socorro/SE, na tarde desta terça-feira, 6 de fevereiro. A empresa se solidariza com a família e encontra-se à disposição das autoridades para cooperar com as investigações”, informa a nota. TV Sergipe.