Os vereadores Kelison Dieb (PMDB) e Jakson Pinheiro (PMN) do município de Iranduba foram presos na manhã desta quinta-feira (08/08), durante a operação Avaritia, deflagrada pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM). Kelison foi pego por policiais portando uma arma de fogo e Jakson por jogar celular dentro de vaso sanitário, obstruindo assim a investigação.

Segundo a assessoria de imprensa do MPAM, o vereador que foi preso com a arma foi conduzido para o 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na estrada da Ponta Negra, no bairro Santo Agostinho, na Zona Oeste de Manaus. O órgão também informou que aparelhos celulares, HDs e documentos apreendidos foram encaminhados para a sede do MP.

Os dois vereadores são alvos da Operação Avaritia, deflagrada na manhã de hoje, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que vinha cobrando propina para a aprovação de Projetos de Lei na Câmara Municipal de Iranduba.

Operação 

O MPAM cumpriu durante a operação dois mandados de prisão, 15 de busca e apreensão, e 15 de busca pessoal nas cidades de Manaus e Iranduba, distante 27 quilômetros em linha reta da capital.

 As investigações começaram em dezembro de 2018 pelos Promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público (GAECO)

Zero Hora News (A informação que faz a diferença) Foto/crédito a crítica