O prefeito de Morro do Chapéu, Leonardo Dourado (PR), enviou à Câmara de Vereadores um projeto de lei pedindo autorização para contrair um empréstimo de R$ 15 milhões na Caixa Econômica Federal. A proposta foi encaminhada no último dia 8. O prefeito pede que a matéria seja apreciada em regime de urgência.

Segundo Dourado, o aporte será destinado para financiar obras de infraestrutura, como pavimentação, recapeamento, edificações e equipamentos públicos, além da modernização da gestão municipal.

Vereadores da oposição, porém, afirmam que a cifra milionária, se contratada, poderá aumentar exponencialmente a dívida que o Executivo já possui com a instituição financeira. Sem mencionar dados, o grupo diz que o empréstimo também comprometerá ao menos metade da capacidade administrativa de quem assumir a gestão após as eleições de 2020.

Segundo integrantes do bloco, outra preocupação diz respeito ao prazo de amortização da possível dívida, que se estenderia para a próxima administração e feriria a chamada Lei de Responsabilidade Fiscal. O dispositivo proíbe expressamente que gestores deixem como legado para seus sucessores (ou mesmo para si, no caso de reeleição) débitos contratados durante seu exercício.

morro facsimile
Executivo pede autorização para contrair crédito de R$ 15 milhões na Caixa Econômica Federal

 

Recentimente Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou procedente, denúncia formulada contra o prefeito ,  por suposta irregularidade na dispensa de licitação para aquisição de combustíveis, no exercício de 2018. O relator do processo, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, multou o gestor em R$7 mil. 

Segundo a denunciante, Juliana Pereira Araújo Leal, o prefeito Léo Dourado (PR) teria recorrido ilegalmente à Dispensa de Licitação para aquisição de combustível junto à empresa “Apoio Derivado de Petróleo Ltda.”,para os veículos da prefeitura, pelo prazo de 60 dias. Tal situação, representaria uma forma de  burla o dever de licitar, já que os valores extrapolariam a permissão legal para a adoção de tal procedimento.

O prefeito também é conhecido pelo emprego e uso da força em muitas situações recebendo inclusive o apelido de (prefeito valentão).

Durante uma reunião no dia (08/03) entre o prefeito , Leo Dourado (PR), e moradores do distrito de Icó, naquele município. O encontro acabou em pancadaria, conforme mostraram as imagens divulgadas através das redes sociais na internet.

Léo Dourado e o empresário Aderbal Oliveira, conhecido como Aderbalzinho, entraram em uma acirrada discussão que terminou em briga, com o prefeito desferindo um tapa no rosto do empresário quando este o chamou de moleque.Aderbal alegou que teria sido acusado “de ter pedindo a um funcionário da prefeitura para pagar o salário de um trabalhador de sua fazenda”.

 

Já no dia (05/05) foi a vez do ator e humorista Gabriel Bandarra, que interpreta o personagem “Reporter Tenóbio” no site Burburinho News acusar o prefeito de tê-lo agredido.

De acordo com o humorista, o político invadiu a delegacia local e, diante de policias militares e agentes policiais, o agrediu com um murro no rosto. A agressão ocorreu quando o repórter registrava ocorrência sobre outra agressão praticada pelo presidente da Câmara de Vereadores de Morro do Chapéu, o vereador conhecido como Rocha.

De acordo com Bandarra, ao tentar entrevistar o presidente da Câmara sobre denúncia de nepotismo, ele e sua equipe foram agredidos pelo vereador e o servidor municipal conhecido como “Da Lua”. Após as agressões, o repórter teria procurado a delegacia local para registrar a ocorrência.

Neste momento, o prefeito adentrou abruptamente o local e o atacou. Os policiais militares contiveram o prefeito, dando-lhe voz de prisão. O prefeito teria ainda ameaçado o humorista dizendo “Não volte mais aqui, se você voltar vai ver o que vai acontecer”.

Bandarra registrou outro Boletim de Ocorrência contra o prefeito e declarou: “Confesso que fiquei muito abalado, porque eu jamais esperava uma atitude dessas, ainda mais partindo de autoridades de uma das cidades mais importantes da Chapada Diamantina e curiosamente no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa”.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)