Uma mulher foi morta a tiros na frente de seus filhos após uma briga com um homem, no último domingo, em uma festa junina no Vale do Ribeira, sul de São Paulo. A vítima, Vanderléia Inácio dos Santos, de 25 anos, foi atingida por três disparos, após briga por pedaço de bolo.

Em entrevista a equipe de reportagem que esteve no local, o auxiliar serviços gerais Nelson Gonçalves, de 47 anos, cunhado da vítima, contou que tudo começou depois que Vanderléia ofereceu um pedaço de bolo à esposa do criminoso, durante uma festa no bairro Onça Parda, onde mora a família.
 
Ele relata que o bolo tinha sido preparado por Vanderléia e o suspeito começou a fazer críticas e, em seguida, começou a xingá-la. “Ele falou para a esposa ‘não come essa porcaria que eu compro coisa melhor para você’”.
Segundo dados do Boletim de Ocorrência, depois da discussão o homem foi até o carro, pegou a arma e atirou contra a vítima. Vanderléia foi atingida no rosto por três disparos. Após a ação, o autor fugiu do local do crime e a Polícia Militar (PM) foi acionada em sequência.
A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Ela deixa quatro filhos, sendo uma menina de 6 anos e três meninos, um de 8, outro de 4 anos e um bebê de 10 meses. Os filhos maiores viram toda a cena. O cunhado conta que a menina ainda viu de perto porque ela havia corrido atrás da mãe pouco antes de ela ser baleada.
A polícia informou que o autor se apresentou posteriormente, na quarta-feira (19), já com o advogado. Porém, por ele ter fugido no dia do crime, não houve flagrante e, por isso, o homem não foi preso. O crime foi registrado como homicídio qualificado e está em fase de inquérito. Segundo a delegacia, a polícia não se responsabiliza pela proteção do suspeito enquanto ele estiver em liberdade.
Zero Hora News (A informação que faz a diferença)com informações G1