Na última quinta-feira, (23/05), a Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Decarp) com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), prendeu em flagrante delito um auditor fiscal da Secretaria de Estado da Economia por prática do crime de corrupção passiva.

A investigação comprovou que o agente público teria solicitado R$ 40 mil para um empresário goiano, como troca de favores. Isso para evitar suposta autuação administrativo-fiscal contra a empresa da vítima.

De acordo com os delegados, que coordenaram a operação, Rhaniel Almeida Pires e Webert Leonardo Santos, o auditor foi encontrado no Shopping Buena Vista, no Setor Bueno, em Goiânia, onde teria combinado de receber a quantia em espécie.

A polícia continua a investigação, pois há suspeita de que ele tenha praticado o golpe contra outras vítimas. As identidades ainda não foram divulgadas.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)