Após três meses do governo Jair Bolsonaro, pesquisa Datafolha divulgada na última segunda-feira (08/04) pelo jornal "Folha de S.Paulo" indica que,

  • para 40% dos entrevistados, a corrupção vai aumentar;
  • para 35%, vai diminuir;
  • para 21%, vai continuar como está;
  • 3% disseram que não sabem.

O instituto ouviu 2.086 pessoas entre os últimos dias 2 e 3. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Em dezembro, a menos de um mês da posse de Bolsonaro e ainda no governo Michel Temer (MDB), o Datafolha apurou que, naquele momento, 58% julgavam que a corrupção iria diminuir e 19% consideravam que iria aumentar.

Por região

A percepção sobre o aumento da corrupção é maior na região Nordeste, segundo a pesquisa Datafolha:

  • Nordeste: 51%
  • Sudeste: 38%
  • Sul: 35%
  • Centro-Oeste/Norte: 35%

Segundo voto declarado

De acordo com o Datafolha, 54% dos que declararam voto em Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial do ano passado julgam que a corrupção vai diminuir; entre os eleitores de Fernando Haddad (PT), 59% consideram que vai aumentar.

Eleitores de Jair Bolsonaro

  • Vai diminuir: 54%
  • Vai aumentar: 25%
  • Vai ficar como está: 18%
  • Não sabe: 3%

Eleitores de Fernando Haddad

  • Vai aumentar: 59%
  • Vai ficar como está: 24%
  • Vai diminuir: 15%
  • Não sabe: 2%

Votaram em branco, nulo ou nenhum

  • Vai aumentar: 54%
  • Vai ficar como está: 25%
  • Vai diminuir: 18%
  • Não sabe: 3%

Zero Hora News(A informação que faz a diferença)