A Globo sofreu a sua quarta derrota na Justiça trabalhista nos últimos dois meses. Desta vez, a emissora demitiu sem justa causa um almoxerife técnico (profissional radialista que trabalha na sede da emissora, em São Paulo) enquanto ele fazia tratamento contra um câncer maligno na tireoide, de acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin. Segundo a reportagem, dois dias antes de ser submetido a uma tireoidectomia (extração completa da glândula), em março deste ano, foi avisado que estava demitido. Durante a cirurgia, o técnico sofreu um incidente ainda mais grave: ele desenvolveu uma trombose venosa no olho direito e está praticamente cego. “É certo que o empregado não pode ser imotivadamente dispensado enquanto estiver com capacidade laboral reduzida, sendo obrigação do empregador encaminhá-lo para tratamento junto à Previdência Social”, disse a juíza Paula Becker Montibeller Job, da 19ª Vara do Trabalho de São Paulo, em seu despacho, que determinou a reintegração imediata do funcionário.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)