Todos os anos, nas festas, as mesas das famílias se enchem de sobremesas como torrones, panetones, biscoitos amanteigados, alfajores, sonhos e chocolates. Diante desse excesso de açucar consciente, muitas vezes devorado com prazer, mas também com culpa, no dia a dia o consumimos em quantidades muito superiores das que imaginávamos por causa de sua onipresença nos produtos ultraprocessados. Estes também são ricos em gordura e sal, um coquetel com graves consequências para a saúde. “O que nós comemos está nos deixando doentes, principalmente as crianças. Existem crianças com doenças de idosos, como diabetes tipo 2, gordura no fígado, doenças metabólicas diz a jornalista argentina Soledad Barruti (Buenos Aires, 1981) durante uma entrevista ao EL PAÍS depois da publicação de Mala Leche (Planeta). O livro explora o caminho já iniciado com Malcomidos, seu ensaio anterior, em que criticou os métodos industriais de produção de alimentos.

Zero Hora News(A informação que faz a diferença)