O argentino Lionel Messi venceu a premiação da Bola de Ouro, promovida pela revista France Football, pela sétima vez na carreira e voltou a consagrar-se como o melhor jogador de futebol da atualidade – o camisa 10 do Barcelona “unificou”, assim, os prêmios concedidos ao maior craque da temporada, já que também foi laureado pelo Fifa The Best em 2019. O anúncio foi feito na última segunda-feira (02/12), em Paris, na França.

Messi ficou à frente do holandês Virgil Van Dijk, do Liverpool, e do português Cristiano Ronaldo, da Juventus – que ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente -, no pódio da premiação.

O melhor brasileiro na lista masculina de 2019 foi Alisson. O goleiro do Liverpool e da seleção brasileira ficou em sétimo lugar na classificação geral e em primeiro entre os goleiros, vencendo o Troféu Yashin. O atacante Neymar, desta vez, sequer figurou entre os 30 jogadores mais bem colocados.

Entre as mulheres, a Bola de Ouro ficou com a norte-americana Megan Rapinoe. A atacante do Reign FC e da seleção dos Estados Unidos – que já havia sido eleita a melhor jogadora de 2019 pela Fifa, além de ter faturado a Bola de Ouro e a Chuteira de Ouro da Copa do Mundo deste ano – deixou para trás a britânica Lucy Bronze, do Lyon, e a também norte-americana Alex Morgan, do Orlando Pride.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)