Gianluigi Buffon é um ídolo histórico e alguém que sempre tem opiniões formadas sobre o futebol e seus colegas de jogo. O goleiro falou com o Marca sobre os favoritos para a Champions, o PSG e, especialmente da boa relação entre Neymar e Mbappé.

Creio que foram feitos um para o outro [Neymar e Mbappé]. São dois jogadores que, sobretudo, têm muita simpatia entre eles. São características distintas. Neymar é mais um equilibrista com a bola, capaz de fazer números incríveis. Kylian é um garoto que tem potência, faro de gols e velocidade. São complementares. Se forem inteligentes poderão dividir, ano a ano, a Bola de Ouro pelos próximos dez anos", afirmou Buffon.

Buffon deixou a Juventus no meio do ano passado e trocou pelo PSG, da França. Ele ficou 17 anos na Velha Senhora e foi seu capitão por muitas temporadas. Ele diz que seu ex-clube é um dos grandes favoritos para a conquista da Champions League nessa temproada, junto com Manchester City e Barcelona.

A Juve, como equipe, é a mais forte. Seu nível está como o Madrid, Barcelona e o City. Na Champions ninguém tem segurança de ganhar nada. São sempre três ou quatro equipes que são as mais fortes. Assim, ganhar ou não, depende de pequenos detalhes", analisou o arqueiro.

Ele também comentou sobre Cristiano Ronaldo que formaria a dupla que muitos sonharam em ver, mas foi impossibilitada pela ida do italiano ao futebol francês. Buffon diz que entende a mudança que o português teve que fazer em sua carreira para continuar a se sentir motivado. Ele falou que a troca do Real pela Juve não o surpreendeu.

Não me surpreendeu porque entendo que o desejo de um campeão como ele é, é de mudar e buscar novas metas. Depois de tantos anos no mesmo lugar, você tem a necessidade de motivações e alvos diferentes. Acho que foi isso que aconteceu", explicou o atleta de 40 anos.

Zero Hora News(A informação que faz a diferença)