O Los Angeles Lakers perdeu cinco dos seis jogos disputados depois da lesão de LeBron James. O campanha promissora na NBA, a liga americana de basquete, já começa a se transformar em temor pela não classificação para os playoffs. A derrota para o Minnesota Timberwolves deixou o time ameaçado de sair da lista dos oito melhores da Conferência Oeste. E foi preciso Kobe Bryant, ídolo da franquia, aparecer para tranquilizar os torcedores.

Também fã de futebol americano, Kobe comemorou em sua conta no Twitter a classificação do Philadelphia Eagles, time de sua cidade natal, para a semifinal da Conferência Nacional da NFL. Rapidamente, recebeu respostas de torcedores dos Lakers, tensos com a situação. O ídolo respondeu: "Relaxa. O time inteiro está fora. Estavam jogando muito bem antes disso".

Kobe se referiu aos problemas de lesão dos Lakers, que não se resumem a LeBron. Contra os Timberwolves, também não jogaram Rajon Rondo e Kyle Kuzma, segundo maior pontuador do time nesta temporada.

Mesmo com a vitória sobre os Lakers, a quinta nos últimos oito jogos, e uma subida na tabela de classificação da Conferência Oeste, os Timberwolves decidiram demitir Tom Thibodeau logo depois do duelo deste domingo. O auxiliar Ryan Saunders assumirá o cargo interinamente até o fim da temporada.

Festa para Wade

Além do duelo da crise, também houve motivo para comemoração na rodada de domingo. Principalmente, com o desempenho de Dwyane Wade, apesar da derrota do Miami Heat para o Atlanta Hawks. Ovacionado pelos torcedores rivais, ele chegou a 20 mil pontos, cinco mil assistências, quatro mil rebotes, 1.500 roubadas de bola, 800 tocos e 500 bolas de três. Uma linha estatística compartilhada apenas por Michael Jordan e LeBron James.

Wade está em sua temporada de despedida. Ele aproveitou para mostrar novamente jogadas de talento como nos tempos de parceria com LeBron em Miami.

E como vem sendo rotina nesta temporada, Wade trocou de camisa com um jogador adversário. Desta vez, o calouro Trae Young ficou com a relíquia.

Decisivo

Para fechar a rodada de domingo, toda honra a Kemba Walker. Na vitória do Charlotte Hornets sobre o phoenix suns, ele marcou 18 dos últimos 19 pontos do time, inclusive uma cesta de três no estouro do cronômetro com o jogo já resolvido. A mão estava tão quente, que ele não resistiu.