O ano que passou foi de grande realização para Gregore. De um ilustre desconhecido a titular absoluto do meio-campo do Bahia, ele caiu definitivamente nas graças da torcida, tanto que começa 2019 como uma das principais peças do elenco que vai disputar cinco competições – Baianão, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Série A e Sul-Americana.

Na manhã deste sábado, Gregore concedeu entrevista coletiva, antes do treino que aconteceu no campo do Fazendão. Ele fez um balanço de 2018, o melhor ano de sua vida.

 Profissionalmente, pessoalmente também, foi um ano de aprendizado. Aprendi muitas coisas. Evoluí muito dentro de campo, fora de campo também, com pessoas maravilhosas dentro do clube, me ensinando muita coisa. Posso considerar o melhor ano da minha vida – afirmou.

Quando eu cheguei, falei uma frase que lembro até hoje, que seria a oportunidade da minha vida, que eu ia abraçar da melhor maneira possível. Foi o que eu fiz, trabalhei muito e pude fazer um 2018 muito bom.

O Bahia conseguiu manter boa parte do elenco para a temporada que se inicia e tem reforçado o elenco, o que faz Gregore acreditar que o clube chega forte. Até agora, a diretoria tricolor anunciou o lateral Matheus Silva, o meia Guilherme e os atacantes Artur, Rogério, Caique e Iago.

 [Chega] Mais forte pela manutenção. Os jogadores que chegaram têm grande qualidade. O pessoal que chegou é de muita qualidade, o que estava também. O Bahia vem forte em 2019 – disse.

Uma das metas de Gregore para essa temporada já está estabelecida: chegar à frente com qualidade para marcar gols e dar assistências.

- Estou tentando melhorar nesse quesito, dar passe para gol, fazer gol. Espero que em 2019, eu faça uns gols aí – finalizou.

Confira outros textos da coletiva de Gregore.

Confiança da torcida

Quando cheguei, o pessoal ficou um pouco desconfiado. Aqui no clube, pessoal nunca desconfiou, tanto que me contrataram. Via isso da torcida, que não me conhecia muito. Esse ano, pessoal já me conhece, tem uma confiança maior, então pretendo trabalhar mais e mais para continuar evoluindo.

Características

2018, acho que o pessoal viu que meu forte é a marcação, passe tampem, foi um quesito que melhorei muito. Enderson pede para melhorar o jogo com a bola, chegar na frente, poder armar mais as jogadas. Estou tentando melhorar isso no dia a dia.

Calendário

O Bahia vai jogar tantos jogos igual a ano passado. A gente já olhou a tabela, é jogo atrás de jogo. Espero fazer mais jogos do que em 2018. Pessoal aqui tem um cuidado muito grande para a gente não se lesionar. A gente faz uns exames, conversa bastante, vê quem está fadigado, tiram. Mas se estiver se sentindo bem, eles dão total liberdade para ir a campo e fazer nosso melhor.

Zero Hora News(A informação que faz a diferença)