Robert Pattinson que sempre foi muito discreto em relação às suas escolhas na carreira, resolveu falar desta vez. A declaração do ator de 'Crepúsculo' durante uma entrevista gerou muita polêmica. Pattinson reclamou que ele sempre tem que se masturbar em seus filmes. O ator de 33 anos disse que constantemente pedem para ele se masturbar em frente às câmeras - e isso aconteceu em quatro dos filmes que já fez.

"Eu continuo tendo que me masturbar. Nos últimos três ou quatro filmes, eu tive alguma cena de masturbação", disse em entrevista para à revista Variety. "Fiz isso em 'High Life'. Eu fiz isso em 'Damsel'. E em 'The Devil All the Time'. Só percebi quando fiz isso pela quarta vez", revelou. Ele já havia falado sobre o constrangimento de filmar cenas de masturbação quando fez o filme 'Poucas Cinzas: Salvador Dalí', em 2009 e decidiu não fingir.

Outra coisa que incomodou o ator foi uma cena em 'O Farol' (2019), no qual ele fantasia sobre sereias. "Quando vi a figura de argila da sereia [em 'O Farol'], se você fica excitado com isso, então você está em um momento muito estranho na sua vida", brincou. A cena deveria acontecer no mar, mas eles tiveram que mudar o roteiro e fazer em terra firme por causa do frio. Robert - que foi anunciado recentemente como o novo Batman - contou que o elenco e a equipe estavam 'tremendo convulsivamente', acrescentando que a situação não era "muito sexy".

Na trama, o ator britânico interpreta Ephraim Winslow, um personagem que passa quatro semanas como assistente do faroleiro Thomas Wake (Willem Dafoe). Os dois guardiões estão presos em uma remota Nova Inglaterra na década de 1890 e tudo fica esquisito em uma noite que passam bebendo, dançando e gritando.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)