A artista Débora Blando, 50 anos, fez um desabafo em seu Instagram nesta última segunda-feira (20/05), e falou sobre os motivos que a fizeram decidir sair do país. “Música no Brasil virou ou música pornográfica ou música de corno”, disse a cantora, que detonou o atual mercado musical.

“Infelizmente aqui quem não é artista é famoso. E quem não canta faz sucesso. Quem mostra o corpo de forma grotesca e vulgar faz mais sucesso ainda. Música no Brasil virou ou música pornográfica ou música de corno, com letras machistas e grotescas. Sem poesia. Sem arte. O que matou a arte no Brasil, eu me pergunto?”, escreveu Débora no post.

Para ela, não há mais espaço para “quem tem realmente talento”, já que o público se conforma com o baixo nível de qualidade. “Obviamente ainda existem ‘artistas’ que sobreviveram e ainda estão no mercado”, pondera. “Mas não chega a dar uma mão cheia”.

Por fim, Débora se despede e diz que seguirá em busca de “novos horizontes” na Europa. “Tenho orgulho de ter trabalhado com os melhores do mundo musical tanto no mundo todo – em especial os EUA– como aqui no Brasil e o resto do mundo”, finalizou.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)