Depois de ser apontado por internautas nas redes sociais como o possível abusador denunciado por Vee Castro, o ex-BBB Antônio Rafaski rebateu a acusação de estupro (mesmo sem a blogueira citar nomes no vídeo) e disse que está com a “consciência tranquila”.

Antônio, que entrou no Big Brother Brasil 17 com o seu irmão gêmeo, Manoel, diz que gravou o vídeo apenas para dar “satisfação” para os fãs e amigos e que irá tomar “medidas cabíveis dentro da lei”:

“Ontem eu recebi algumas mensagens e marcações em alguns Instagram de fofoca sobre um suposto vídeo. A única coisa que eu quero dizer aqui, na verdade, dá uma satisfação para quem me acompanha e para os meus amigos e amigas, é que estou com a minha consciência tranquila e que todas as medidas cabíveis dentro da lei já estão sendo tomadas”, disse ele.

Os irmãos gêmeos foram apontados por alguns perfis de fofoca no Instagram como sendo os dois homens citados por Vitória Castro no vídeo. A blogueira afirma ter sido estuprada na cabine de um cruzeiro, após ter sido contratada para uma ação de marketing na embarcação.

Outro ex-participante do reality show, Rafael Licks, também estava a bordo do cruzeiro. Assim que o vídeo viralizou e muitas pessoas sugeriram que era dele que Vee estava se referindo, a própria influencer tratou de desmentir: “Gente, o Rafa veio falar comigo. E não, não foi ele. Eu conheci ele no navio e ele é um cara sensacional. Ele não tem nada a ver com essa história”.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)