Dona de um canal no YouTube com mais de um milhão de seguidores, a blogueira Vee Castro decidiu dividir com os seus seguidores uma angústia da sua vida. A jovem de 20 anos afirmou que foi estuprada por um ex-BBB, que preferiu não identificar.

O abuso teria acontecido na cabine de um cruzeiro marítimo. Ela foi contratada por uma marca para uma ação promocional, e lá ficou alojada em um quarto com outros dois homens.

Vee conta que na hora em que o navio anunciou que ia fazer o desembarque, ela começou a arrumar a sua mala, junto com outro colega de dormitório. O outro rapaz, dividia a cama com uma mulher.

“O menino da cabine, sem ser o meu amigo, estava de bermuda e sem camisa. Ele estava provocando. Ele abaixava a bermuda e estava provocando. Teve uma hora que ele tirou o short e ficou pelado na nossa frente… Por fim, ele pegou a toalha e enrolou no corpo e foi tomar banho”, relata a youtuber.

Ela diz que começou a tirar fotos do local e que o ex-BBB se aproximou para tentar aparecer nas imagens. O outro colega saiu do quarto e disse a ela que foi porque sentiu “um clima” entre os dois:

“O menino que estava na cabine, eu não posso citar nomes então fica meio complicado, ele saiu e me deixou com o cara. Depois eu perguntei por que ele havia saído e disse que estava sentindo um clima entre a gente, só que foi um clima só da parte do cara”.

Sozinha com o homem, ela diz que ele começou a tentar forçar um beijo até conseguir: Ficou só eu e ele na cabine. Eu estava sentada mexendo no celular e ele me deitou e ficou chegando muito perto do meu rosto. E eu virava o rosto, ele perguntava o porquê, e eu dizia que não podia. Mas ele chegava cada vez mais perto do meu rosto e por fim ele me beijou. E depois só lembro da cena da gente em pé”.

“Eu comecei a falar ‘para, para, deixa eu ir embora’. E ele falava ‘não’. E eu não conseguia sair porque ele estava me prendendo na cama. E eu ficava ‘para’. Ele estava me prendendo com a perna, jogando o peso dele para cima de mim. Depois eu me dei conta que eu estava sendo estuprada eu comecei a chorar e ele não parava, ele não me deixava sair, eu já tinha pedido para ele parar e ele só falava não. E parecia que, quanto mais eu fazia isso (tentava fugir), mais ele gostava”, prosseguiu ela, que fez o relato com a ajuda da sua assessora, identificada como Letícia.

A jovem diz que teve a coragem de fazer a denúncia para “alertar” outras mulheres que podem ter passado pelo mesmo problema e usar a sua “influência” para isso:

“Eu estou gravando esse vídeo porque não consegui denunciar e eu queria usar a influência que eu tenho para alertar algumas garotas e quem sabe conseguir justiça. Esse cara é um ex-BBB e ele não tem um histórico muito legal. Eu andei pesquisando sobre ele”.

Nas redes sociais, muitos internautas concluíram que o abusador seria o ex-BBB Rafael Licks, que também estava no navio. Mas Vee garantiu que Rafa não tem nenhuma relação o suposto estupro.

Zero Hora News (A informação que faz a diferença)