O governador da Bahia, Rui Costa, usou as redes sociais na última terça-feira (21/05) para “mandar um recado” ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que o citou em um vídeo publicado no Twitter para “falar sobre #FakeNews”.

Na publicação, Weintraub comenta sobre a possibilidade de o governo federal cobrar mensalidade a alunos de graduação nas universidades. “É mentira. O que está acontecendo é que o governador da Bahia, que é de um partido de oposição, propôs a cobrança das mensalidades dos estudantes da universidade estadual da Bahia”, afirmou.

Em resposta, e citando o corte orçamentário nas universidades Federais, Rui Costa também gravou um vídeo e chegou a dizer que o ministro “está com uma fixação na Bahia e no governador”.

“Ministro, se o senhor ainda estiver no cargo até a semana que vem, eu lhe convido para vir à Bahia. Eu já dei banca de matemática, então posso lhe ensinar, por exemplo, a fazer cálculo de proporção, a fazer conta, para o senhor não passar vergonha nacionalmente”, disse Rui, fazendo referência a uma declaração em que Abraham Weintraub erra na porcentagem ao tentar explicar o congelamento de 30% de corte nas instituições.

Rui Costa também sugeriu ensinar gestão para Weintraub: “E, se quiser também aprender gestão, aprender a não cortar recursos e sim a aplicar recursos na Educação, criar apoio programas de apoio a juventude, como nós criamos o programa Mais Futuro, vem aqui para a Bahia que eu te ensino como é que governa e como que faz boa gestão para ser aprovado por 76% do povo”.

Vale lembrar que o governador Rui Costa também passa confronto com as universidades estaduais (Uneb, Uesc, Uesf e Uesb), com um movimento grevista que foi iniciado pelos professores no dia (04/04). O governador chegou a mandar cortar o ponto dos docentes em greve, mas foi foi obrigado pela justiça a pagar os salários.

Zero hora news (A informação que faz a diferença)